Bahia  
Coroinha de 13 anos contrai sífilis e acusa líder religioso de estupro em paróquia
{cf:descnews}
17/04/18
Compartilhe! Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Compartilhar no Pinterest  
201804171544.jpg

CONTINUA DEPOIS DAS PUBLICIDADES



Um coroinha da Paróquia de Santo Antônio, município de Caravelas, extremo sul da Bahia, foi diagnosticado com sífilis, doença sexualmente transmissível, e acusa o líder dos coroinhas da igreja de ter abusado sexualmente dele.

Segundo a polícia, exames constataram que o suspeito do crime, Vitor Marques Daniel, que tem a função de acólito, tem sífilis, mas ele nega que tenha estuprado o menor de 13 anos de idade.

O crime teria ocorrido dentro da Paróquia e está sendo investigado pela Polícia Civil.

De acordo com informações do G1, o garoto contou que os abusos aconteciam sob ameaça de morte a ele, a uma irmã de oito anos e a um primo. O adolescente ainda disse que o suspeito ofereceu quantias em dinheiro para que ele não denunciasse o caso. Depois de começar a apresentar os sintomas da sífilis, o jovem teria contado a situação para a mãe, que acabou procurando o Conselho Tutelar.
258 Visualizações
 Comentários
Comente esta notícia:
 
Siga-nos no Facebook
 
 
Previsão do Tempo  
Personalidades Municipais
Pe. Ladislau Klener
Conheça a história do homem de fé, que viveu em prol dos necessitados.
 
Leobino Guimarães
Conheça a história da vida de um dos maiores nomes políticos do município.
 
 
 
 
 
Malhada On-Line - © Todos os Direitos Reservados
contato@malhadaonline.com
(77) 98831-7570