Página Inicial
Galeria de Fotos
História da Cidade
  Região  
Embasa assegura que adutora de Tanhaçu não é ameaça para abastecimento em Malhada de Pedras e Brumado
03/11/17
  Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Compartilhar no Pinterest  
201711030914.jpg
Em nota enviada ao site Achei Sudoeste, a Assessoria de Comunicação da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa), unidade de Vitória da Conquista, assegurou que a adutora para abastecer a cidade de Tanhaçu com água da Barragem de Cristalândia não representa uma ameaça ao abastecimento nos municípios de Brumado e Malhada de Pedras.

Segundo a Embasa, o município de Tanhaçu tem passado por uma situação de extrema seca, especialmente nos últimos cinco anos, o que tem impactado diretamente nos mananciais de captação, levando a empresa a atender a população do município por meio de poços perfurados emergencialmente e através de carros-pipa.


A assessoria explica que a Barragem de Cristalândia possui uma capacidade de acumulação de 16,7 milhões de metros cúbicos (16,7 bilhões de litros) de água e, apesar da seca na região, atualmente está com um volume de 12,2 milhões de metros cúbicos, o que significa 71% da sua capacidade total.

2017031109142.jpg

De acordo com cálculos da Embasa, a vazão a ser retirada a partir da Barragem de Cristalândia para atendimento ao Sistema de Abastecimento de Água de Tanhaçu será de 90 metros cúbicos por hora (90m³/h). O volume representa uma retirada diária de 1.890 metros cúbicos por hora (1.890m³/h), o que corresponde a apenas 0,015% do volume atual da barragem.

A medida, portanto, não se configura como ameaça à garantia de atendimento à população de Brumado e Malhada de Pedras.

Para reforçar os argumentos, a empresa esclarece que, em relação à vazão necessária para atendimento a Tanhaçu, mesmo que fossem captados 90m³/h todos os dias, no período de um ano, sem ocorrência de chuva na região para recarregar a barragem, o volume necessário para atender Tanhaçu pelo mesmo período corresponderia a apenas 5,6% do volume atual da Barragem de Cristalândia.

“Independente da etapa de ampliação da barragem, a vazão de 90m³/h para atendimento à cidade de Tanhaçu não impactará no abastecimento de Brumado e Malhada de Pedras, uma vez que se trata de uma vazão muito pequena em comparação com o volume da barragem”, ressaltou a nota.

Via Achei Sudoeste
279 Visualizações
 Comentários
Comente esta notícia:
 
SIGA-NOS NO FACEBOOK
 
PREVISÃO DO TEMPO
 
 
 
 

Malhada On-Line - © Todos os Direitos Reservados
Site desenvolvido por: facebook.com/luanpattric
contato@malhadaonline.com
(77) 98831-7570