Página Inicial
Galeria de Fotos
História da Cidade
  Malhada de Pedras  
Malhada de Pedras: População, Representantes Sociais e Vereadores protestam contra corte de 97% no SUAS
03/10/17
Compartilhe! Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+ Compartilhar no Pinterest  
201710031641.jpg
População, Representantes Sociais e Vereadores de Malhada de Pedras realizaram um protesto, na manhã desta terça-feira (03), contra a proposta do Governo Federal que pode resultar no corte orçamentário, a nível nacional, de 97% no Sistema único de Assistência Social (Suas) em 2018. O manifesto aconteceu em frente ao CRAS (Centro de Referência e Assistência Social).

A votação do orçamento acontecerá até 30 de outubro na Câmara dos Deputados Federais. Caso aprovado, o corte orçamentário pode repercutir no fechamento de Centros de Referência em Assistência Social (Cras e Creas) e na diminuição do apoio prestado aos beneficiários do Bolsa Família, além do desemprego dos profissionais da assistência.

A população atendida por pelos projetos de assistência são de baixa renda, gestantes, deficientes, idosos e até pessoas violentadas. Em Malhada de Pedras, em torno de 1.600 pessoas são assistidas mensalmente pelo Suas.

Em nota, a Secretaria de Assistência Social de Malhada de Pedras declarau seu apoio à Mobilização Nacional em Defesa do Sistema Único da Assistência Social - SUAS articulado pelo Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social – COEGEMAS mediante ao corte orçamentário que poderá trazer grandes prejuízos a população brasileira. De acordo com a proposta orçamentária enviada pelo Governo ao Congresso Nacional, para 2018 haverá redução de recursos na ordem de 98,05% para a manutenção de serviços e programas existentes destinados ao apoio à gestão dos 27 estados da federação e dos 5.561 municípios brasileiros.

Como o CRAS é um lugar que faz a acolhida e escuta qualificada das famílias para identificar as necessidades e dar apoio para: o acesso aos benefícios de transferência de renda; busca de oportunidades de trabalho; estimulo a convivência familiar e comunitária, dentre outros. Sendo que, os serviços de assistência social tem sido acessado por 30 milhões de famílias em todo o país. Portanto, o corte orçamentário significa praticamente o fim destes serviços.

E na oportunidade, a secretaria agradeceu à Câmara de Vereadores (Maricélio Ferreira, Evânio Oliveira, Nair Ribeiro, Miguel Correia, Antônio Marcos Pereira, Edina Barbosa e Onésimo Santana) pelo total apoio e pela presença, pois são vereadores conscientes da luta de sobrevivência do povo malhadapedrenses e de todo o Brasil. Agradeceu também a população do município e o CMAS (Conselho Municipal de Assistência Social) que se fizeram presentes neste ato de luta por “nenhum direito a menos”.

2014703101640.jpg

201710031639.jpg
1084 Visualizações
 Comentários
Comente esta notícia:
 
SIGA-NOS NO FACEBOOK
 
previsão do tempo
 
 
 

Malhada On-Line - © Todos os Direitos Reservados
Site desenvolvido por: facebook.com/luanpattric
contato@malhadaonline.com
(77) 98831-7570