Fale Conosco
 
PÁGINA INICIAL
GALERIA DE FOTOS
HISTÓRIA DA CIDADE
CRONOLOGIA
LOCALIZAÇÃO E HIDROGRAFIA
 
Página inicial Notícias Brasil, Super Destaque  
Protagonista de Velho Chico morre afogado a duas semanas do fim da novela
15/09/16 1546 Visualizações  Comentários  
em-velho-chico-santo-levara-tres-tiros-1468940435952_615x300.jpg
Foto: Reprodução / UOL
Fonte: UOL


Morreu nesta quinta-feira (15), aos 54 anos, o ator Domingos Montagner, vítima de afogamento no rio São Francisco. Ele foi encontrado preso a pedras, a 30 metros de profundidade, próximo à usina de Xingó, na cidade sergipana de Canindé de São Francisco. A informação foi confirmada pelo comandante geral do Corpo de Bombeiros de Sergipe, Ednaldo Freitas, e pela Globo. Ele estava na região para gravar as últimas cenas da novela Velho Chico, na qual interpretava o protagonista Santo. As gravações no local terminariam no próximo dia 18.

Após uma manhã de trabalho no local, Montagner almoçou e foi dar um mergulho no rio, acompanhado de Camila Pitanga. Os dois escolheram um local perigoso para se banharem, conhecido como Prainha, onde é muitas pedras e redemoinhos. Durante o mergulho, os atores foram atingidos pela correnteza. Camila conseguiu se salvar ao se segurar em uma pedra, mas não conseguiu ajudar o colega, que foi levado pelas águas. Montagner desapareceu às 14h30, e seu corpo foi encontrado por volta das 18h, a 30 metros de distância de onde havia mergulhado. Equipes da Polícia Militar, dos bombeiros e do Grupamento Tático Aéreo participaram das buscas.

Domingos começou a carreira como ator tardiamente. O paulistano foi professor de educação física até entrar para o circo, nos anos 1980, onde começou a trabalhar como palhaço. Nas décadas seguintes, desenvolveu sua carreira como ator no circo e no teatro em São Paulo, onde participou de peças como À La Carte (2001) e Feia – Uma comédia circense (2006).

A estreia dele na TV aconteceu só em 2008, na série Mothern, do GNT. Dois anos depois, Montagner foi contratado pela Globo, onde participou das séries Força Tarefa (2010) e A Cura. O primeiro papel em uma novela foi o Capitão Herculano de Cordel Encantado (2011). De lá para cá, o ator viveu o protagonista da minissérie O Brado Retumbante (2012) e fez mais duas novelas, Joia Rara (2013) e Sete Vidas (2015) até ser escolhido como o protagonista Santo, de Velho Chico. O ator era pai de três filhos.

Na própria novela, ele já havia passado por situação semelhante. Na trama, Santo é vítima de um atentado, armado por Carlos Eduardo (Marcelo Serrado), e, baleado, desaparece no rio São Francisco. Mas, na ficção, o personagem conseguiu sobreviver após ser encontrado por uma tribo indígena, ser curado por um pajé e resgatado por Tereza (Camila Pitanga).

É a segunda morte de um ator do elenco de Velho Chico durante o período de gravações da novela. Antes de Montagner, a trama perdeu Umberto Magnani, que interpretava o padre Romão. Ele passou mal durante uma cena, foi levado ao hospital, sofreu um acidente vascular encefálico e não resistiu. O ator tinha 75 anos.
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Twitter Compartilhar no Google+  
Comente esta notícia:
 
   
Siga-nos no Facebook
 
 
 
O Tempo em Malhada de Pedras
 
 
Pe. Ladislau Klener
Conheça a história do homem de fé, que viveu em prol dos necessitados.
 

Leobino Guimarães
Conheça a história da vida de um dos maiores nomes políticos do município
 
 

Malhada On-Line - © Todos os Direitos Reservados
Site desenvolvido por: facebook.com/luanpattric
contato@malhadaonline.com
(77) 98831-7570